Programa PSP de Segurança de Adultos: “Estou aqui Adultos!”

MISSÃO

A Polícia de Segurança Pública tem por missão defender a legalidade democrática e garantir a segurança interna e os direitos dos cidadãos, designadamente as condições de segurança que permitam o exercício dos seus direitos e liberdades.

No âmbito da sua missão e de acordo com a visão existente, a PSP identifica a necessidade de garantir a segurança de adultos que, pelas mais variadas razões, possam sofrer alguma desorientação na via pública.

As pulseiras ESTOU AQUI são dirigidas a pessoas que, em função da idade ou de patologia, possam ficar desorientadas ou inconscientes, ainda que momentaneamente, na via pública.

 

LONGEVIDADE DO PROGRAMA

Dois anos. Ao final desse período os interessados devem fazer novo registo e levantar nova pulseira.

O programa tem por objetivo garantir a segurança de todos os utilizadores na via pública, e promover o reencontro célere com o familiar ou conhecido previamente indicado.

O pedido pode ser feito pelo próprio utilizador, através da opção Pedido pelo(a) Próprio(a), ou por um terceiro através da opção Pedido Instituição/Cuidador.

As instituições que queiram aderir ao programa podem fazer um só registo para vários utilizadores. Para tal devem utilizar a opção Pedido Instituição/Cuidador e indicar que se trata de um pedido de instituição.  (Qualquer alteração de dados terá de ser solicitada por escrito, para o endereço eletrónico: estouaqui@psp.pt)

 

PULSEIRAS

A pulseira ESTOU AQUI ADULTOS é constituída por uma fita de tecido em cor mate e por uma chapa metálica com um código alfanumérico e a inscrição “Call/Ligue 112”, como se pode ver na imagem.

A pulseira é gratuita, pessoal e intransmissível.

Para adquirir uma pulseira deverá fazer o registo prévio e, em seguida, deslocar-se à esquadra escolhida para levantar e ativar a mesma.

NOTE BEM:

– A pulseira não possui localizador GPS ou outro sistema de localização.

– Não é um dispositivo de emergência médica.

 

COMO ADERIR?

 

FONTE: PSP

Deixe uma resposta